Blog dedicado a Arte, Cultura, Turismo, Lazer e Naturismo com foco inicial na cidade de São Paulo / SP - Brasil.
Licença Creative Commons
Blog Projeto o nu na arte by Sergio S. Pereira is licensed under a Creative Commons 3.0 Unported License:
Atribuição - Uso não comercial - Não a obras derivadas.
Blog elaborado em conformidade com: Lei 9.610/98. Este Blog respeita leis internacionais de Direitos Autorais.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Peladões da Faculdade de Direito

LARGO DO SÃO FRANCISCO

Galeria de obras de arte pública
Página:   1   2   3   4   5     


Na foto do largo, exibida acima, pode-se ver uma interessante composição de elementos assinalados com setas: em primeiro plano, está uma representação de um casal nu se beijando com muito entusiasmo.

Em seguida a sóbrea tribuna da Faculdade de Direito com o símbolo da justiça - a balança - e no fundo uma estátua de um garoto pelado representado correndo.

A primeira coisa que vem à mente ao ver o casal nu, é que se trata de uma réplica da obra "O beijo" de Rodin. Como ambas as obras não tem placa de identificação, não se sabe ao certo do que se trata, mas não deixa de ser "meio esquisito" se deparar com tanta gente pelada diante da venerável faculdade. Pesquisas me levaram a saber do que se trata e a história destas obras, que a seguir relatarei a você.



O sequestro do casal pelado: Esta obra foi encomendada pelos alunos da Faculdade de Direito, para homenagear Olavo Bilac. Ao contrário do que se imagina, o casal é formado por uma índia e um francês e a obra foi entregue em 1922 sendo instalada, inicialmente, na Rua Minas Gerais.

Logo de início os modernistas criticaram a obra, que achavam ser uma mistura exagerada dos personagens encontrados na obra do poeta homenageado.

Em 1956, o prefeito Jânio Quadros mandou que fosse instalada a obra no Largo do Cambuci, mas ela ficou por lá apenas um dia, dada a revolta gerada nos moradores diante da cena tórrida. A obra foi levada para o depósito, onde ficou guardada por 10 anos.

Em 1966, a Prefeitura voltou a instalar a obra em local público, na entrada do Túnel Nove de Julho. Ali também pouco permaneceu, os moradores da região escandalizaram-se com aquilo que chamavam de "pouca vergonha".


Galeria de obras de arte pública
Página:   1   2   3   4   5