Blog dedicado a Arte, Cultura, Turismo, Lazer e Naturismo com foco inicial na cidade de São Paulo / SP - Brasil.
Licença Creative Commons
Blog Projeto o nu na arte by Sergio S. Pereira is licensed under a Creative Commons 3.0 Unported License:
Atribuição - Uso não comercial - Não a obras derivadas.
Blog elaborado em conformidade com: Lei 9.610/98. Este Blog respeita leis internacionais de Direitos Autorais.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Noronha - 2

Praia brasileira de nudismo no meio do oceano

Menu Outras galerias Página:   1   2   3   4   5   6   7   8   9      

Com o rompimento das relações com as potências do EIXO, ocorrido em 28 de janeiro de 1942, a cooperação entre Brasil e EUA aumentou. Bases militares foram construídas no nordeste facilitando o transporte de suprimentos da América para as tropas aliadas na Africa, o que era feito com o avião de carga Douglas DC-3, com alcance de aproximadamente 3.400 km e com capacidade para transportar entre seis e sete toneladas de carga. Esses aviões vinham dos Estados Unidos, passavam pela cidade de Natal - RN para reabastecimento, e seguiam para o Norte da África, a partir de Dakar. Enquanto isso, navios com minério de ferro saiam do Brasil para os EUA, onde seriam transformados em armamento. Isto foi o suficiente para que os nazistas enviassem mais submarinos para a costa brasileira e intensificassem os ataques navais. Eles precisavam enfraquecer os Aliados na Africa a todo custo. Assista dois pequenos documentários - muito bem elaborados - que descrevem a história do submarino alemão U-507, um verdadeiro perigo no litoral brasileiro e a história do combate entre a Força Aérea Brasileira - FAB e o submarino alemão U-199 próximo à Baia da Guanabara no Rio de Janeiro em 1943.

A Força-Tarefa 3 da marinha de guerra americana, comandada pelo Contra-Almirante Jonas Ingram, que estava fundeada desde junho de 1941 em portos cedidos pelo Brasil em Recife e Salvador foi unificada com a marinha brasileira formando um comando único definido pela Comissão de defesa Brasil-EUA. O almirante Ernest King em 1943 transformou a Força-Tarefa 3 na Quarta frota, sob o comando do Contra-Almirante Ingram que administrava e coordenava as ações militares conjuntas a partir de um edifício no centro da cidade do Recife. Visite a Fundação Rampa para ver fotos e vídeos militares da epoca, além de textos narrativos. Não deixe de visitar a página sobre um dos tripulantes de aeronaves de patrulha vindos dos E.U.A e suas aventuras em nossas terras.

A força aérea americana destacou um esquadrão de bombardeiros para ações junto com a FAB de patrulha anti-submarino, baseadas em Natal e na Ilha de Fernando de Noronha, que obtiveram bons resultados. No site brasilmergulho você pode ver uma relação de submarinos alemães destruidos na costa brasileira e no site Google books, poderá examinar fotos e ler as primeiras 27 páginas do livro "Galloping Ghosts of the Brazilian Coast" que conta a história das operações anti-submarino na costa brasileira. Veja também no site terra um interessante artigo sobre um navio de guerra nazista no Uruguai.



U-boat sendo atacado na costa brasileira



Menu Outras galerias Página:   1   2   3   4   5   6   7   8   9