Blog dedicado a Arte, Cultura, Turismo, Lazer e Naturismo com foco inicial na cidade de São Paulo / SP - Brasil.
Licença Creative Commons
Blog Projeto o nu na arte by Sergio S. Pereira is licensed under a Creative Commons 3.0 Unported License:
Atribuição - Uso não comercial - Não a obras derivadas.
Blog elaborado em conformidade com: Lei 9.610/98. Este Blog respeita leis internacionais de Direitos Autorais.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

NASCEMOS NUS - 2

NASCEMOS NUS
Homenagem ao Dia Internacional da Mulher


Menu Outras galerias Página:   1   2   3   4   5    

Breve histórico do surgimento
do Dia Internacional da Mulher
  

1691 - Estados Unidos -As mulheres votam no Estado do Massachussetts. Perdem este direito em 1789.
1788 - França -Condorcet, filósofo e homem político francês, reclama para as mulheres o direito à educação, à participação na vida política e ao acesso ao emprego.
1792 - Reino Unido -Mary Wollstpnecraft pioneira da ação feminista, publica uma vindicta das Mulheres.
1822 - Portugal - Primeira Constituição Liberal. Tanto esta Constituição como as seguintes afirmam. que a lei é igual para todos, sem referência especial às mulheres.
1840 - Estados Unidos - Lucrécia Mott lança as bases de Equal Rights Association pedindo a igualdade de direitos para as mulheres e para os negros.
1857 - Estados Unidos - No dia 8 de Março, em Nova Iorque, greve das operárias têxteis para obter a igualdade de salários e a redução das horas de trabalho, para 10 horas por dia. 1859 - Rússia - Aparecimento de um movimento feminino em St. Pctersburgo para a emancipação da mulher.
1862 - Suécia - As mulheres votam nas eleições municipais. 1865 – Alemanha - Louise Otto funda a Associação Geral das Mulheres AIemãs.
1866 - Reino Unido - John Stuart MIII, filósofo e economista inglês, reclama o direito de voto para as mulheres.
1868 - Reino Unido - Criação da Sociedade Nacional para o Sufrágio Feminino.
1869 - Estados Unidos - Nascimento da Associação Nacional para o Sufrágio das Mulheres. O estado de Wyoming concede o direito de voto às mulheres para atingir o número de eleitores necessário para entrar na União.

Memória viva - Luz del Fuego 1870 - França e Suécia - As mulheres têm acesso aos estudos médicos. Turquia - Inauguração de uma Escola Normal destinada a formar professoras para as escolas prirnárias e secundárias para mulheres.
1874 - Japão - Abertura da primeira Escola Normal para mulheres.
1878 - Rússia - Abertura da primeira Universidade feminina em St. Petersburgo.
1882 - Estados Unidos - Susan B. Anthony funda o Conselho Nacional de Mulheres, tendo como patrono Victor Hugo; o célebre escritor era então um dos chefes do Partido Republicano.
1893 - Nova Zelândia - Concedido o direito de voto às mulheres.
1901 - França - O deputado socialista René Viviani, sustenta pela primeira vez um debate sobre o direito de voto das mulheres.
1909 - de acordo com a declaração do Partido Socialista Americano, o 1° Dia Nacional da Mulher, nos Estados Unidos, foi realizado no dia 28 de fevereiro. As mulheres continuaram celebrando o seu dia no último domingo do mês de fevereiro até 1913.
1910 - O encontro socialista internacional, realizado em Copenhagen, estabeleceu o Dia da Mulher, em caráter internacional, para homenagear o movimento pelos direitos da mulher e de voto. A proposta foi aceita por mais de 100 mulheres de 17 países presentes a conferência, inclusive as 3 primeiras mulheres eleitas para o Parlamento Finlandês. Não foi fixada nenhuma data específica.
1911 - Como resultado das decisões tomadas em Copenhagen no ano anterior, foi marcado pela primeira vez como Dia Internacional da Mulher, o dia 19 de março, na Austria, Dinamarca, Alemanha e Suiça, aonde mais de 1 milhão de mulheres e homens participaram de manifestações. Além do direito de voto e de participação pública, foi pleiteado o direito de trabalhar, de treinamento vocacional e do fim da discriminação no trabalho.
1913-1914 - Como parte das manifestações pela paz, às vésperas da Primeira Guerra Mundial, as mulheres Russas comemoraram o seu primeiro Dia Internacional da Mulher no último domingo de fevereiro de 1913. No restante da Europa, no próprio dia, ou por volta do dia 8 de março, as mulheres promoveram manifestações em protesto a guerra, bem como em solidariedade às suas irmãs.
1917 - Com 2 milhões de soldados russos mortos durante a guerra, as mulheres Russas novamente escolheram o último domingo de fevereiro para fazer greve por "pão e paz". Líderes políticos opuseram-se ao momento da greve, mas, as mulheres fizeram suas manifestações mesmo assim. O resto é histórtia: 4 dias depois o Czar foi forçado a abdicar e o governo provisório garantiu às mulheres o direito ao voto. Aquele domingo histórico ocorreu no dia 23 de fevereiro do Calendário Juliano - em uso na Russia - mas, no dia 8 de março do Calendário Gregoriano em uso nos outros lugares.

(fonte: extraído de texto publicado pelo "United Nations Departmento of Public Information - DPI/1878-January 1997")

Menu Outras galerias Página:   1   2   3   4   5