Blog dedicado a Arte, Cultura, Turismo, Lazer e Naturismo com foco inicial na cidade de São Paulo / SP - Brasil.
Licença Creative Commons
Blog Projeto o nu na arte by Sergio S. Pereira is licensed under a Creative Commons 3.0 Unported License:
Atribuição - Uso não comercial - Não a obras derivadas.
Blog elaborado em conformidade com: Lei 9.610/98. Este Blog respeita leis internacionais de Direitos Autorais.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Afro - 3

O nu nas religiões Afro-Brasileiras

Menu Outras galerias Página:   1   2   3   4     

A penultima divindade é representada pelos Exus. Esta entidade tornou-se sinônimo de diabo para as pessoas que seguem outras religiões, não sendo bem visto por muita gente. Pelo que descobri, os diversos Exus são nada mais, nada menos que os espíritos de pessoas comuns, com baixo desenvolvimento cultural e principalmente moral, que morreram e agora colocam-se à disposição das pessoas que vivem na Terra para realizar trabalhos diversos, onde suas habilidades - aliadas ao fato de não poderem ser vistos - permite aos mesmos realizar serviços que um habitante deste planeta não teria condições de fazer. Pelo que é divulgado, um Exu é tão confiável quanto uma pessoa comum que se encontre na rua. Da esquerda para a direita: Exu chama dinheiro, Exu das encruzilhadas, Exu mau-olhado e Exu sete caveiras.




Para alegrar o final deste item, a ultima divindade é representada pelos Erês, corresponderiam aos espíritos de crianças que faleceram com tenra idade. Entre suas características estão o espírito brincalhão, a teimosia, o gosto por docês e por brincadeiras.
   



Dança das Cabaças - Exu no Brasil
Video postado no site YouTube por teimosia em 14 de março de 2009

Texto de divulgação: "Trazido pelos escravos com outros Deuses do panteão Yoruba, Exu foi colocado à margem e passou por um processo de demonização que se inicia na missão católica na África e se estende no período colonial brasileiro, onde seus atributos originais foram ocultados. Exu que na África era caracterizado como o princípio da vida, a força que move os corpos, a dinâmica, o senhor dos caminhos e das encruzilhadas, a principal ponte entre os mortais e as divindades que habitam o além, passa a ser visto como a personificação do mal perante o modelo cristão, devido ao seu símbolo fálico e seu comportamento astucioso. Dirigido por Kiko Dinucci, o filme passa pelas diversas vertentes das religiões afro-descendentes, dos candomblés (de tradição Nagô, Gege, Bantu), Tambor de Mina, passando pela Umbanda e Quimbanda. Dança das Cabaças-Exu no Brasil conta com participações de Sacerdotes e estudiosos".





Menu Outras galerias Página:   1   2   3   4