Blog dedicado a Arte, Cultura, Turismo, Lazer e Naturismo com foco inicial na cidade de São Paulo / SP - Brasil.
Licença Creative Commons
Blog Projeto o nu na arte by Sergio S. Pereira is licensed under a Creative Commons 3.0 Unported License:
Atribuição - Uso não comercial - Não a obras derivadas.
Blog elaborado em conformidade com: Lei 9.610/98. Este Blog respeita leis internacionais de Direitos Autorais.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Afro - 2




O nu nas religiões Afro-Brasileiras

Menu Outras galerias Página:   1   2   3   4     

A próxima divindade é representada pelos caboclos e caboclas. Quando ouvia falar sobre os caboclos, a primeira coisa que me vinha à mente eram figuras típicas das regiões rurais do Brasil e não índios, caciques, etc. Mas, pelo que vi, a representação é feita baseada nos silvícolas de nosso país.
Estas entidades também apresentam-se com uma aparência que simboliza uma relação harmônica entre o homem e a natureza, além de trazer elementos regionalistas brasileiros, sendo portanto de apresentação simpática, mesmo para quem não conhece as religiões Afro-Brasileiras. Da esquerda para a direita: Cabocla Diana da mata, Cabocla Jurema do mar e Cabocla caçadora.

  
  


A próxima divindade é representada pelas Pombas Giras. Esta entidade é referenciada na gíria brasileira como forma irônica de se referir à mulheres que gostam de se vestir e comportar como eternas sedutoras de homens. Fiquei admirado quando soube que a Pomba gira nada mais é que a versão feminina do Exu, figura não muito bem vista por pessoas que seguem outras religiões. Da esquerda para a direita: Pomba gira Rainha, Pomba gira Maria Padilha, Pomba gira Maria Quitéria.

  
  

Menu Outras galerias Página:   1   2   3   4